Notícias Mundiais - Família Salesiana


Testemunho de Kira | "Agora eu sei que a verdadeira bondade existe"

by SNFS | jul 14, 2022

Kira_testemunho
ANS Roma | "Quero fazer algo de bom pelas pessoas, pelas crianças e pelos jovens, assim como as pessoas da Polónia e da Eslováquia fizeram por mim". As palavras de Kira, jovem ucraniana refugiada na Eslováquia que hoje colabora com os salesianos de Bratislava como voluntária e intérprete entre a população eslovaca e refugiada, são o melhor testemunho de que o bem gera o bem e que, mesmo quando o horror da guerra parece prevalecer sobre tudo, na verdade nada se perde dos esforços humanitários feitos com amor e por amor.

Kira, como muitos de seus compatriotas, fugiu da Ucrânia assim que eclodiu a guerra, "porque a situação era realmente horrível", conta rapidamente a jovem, sem querer se deter muito no que viu e viveu. A sua memória está concentrada em todas as pessoas que, primeiro na Polónia e depois na Eslováquia, "realmente tocaram o meu coração, a minha alma: trouxeram-me coisas para comer, para beber, gratuitamente... Fiquei realmente impressionada".

Em Bratislava, a experiência foi igual: frequentou a escola durante vários meses, sentindo-se acolhida, compreendida, cuidada por aquelas pessoas que "mesmo que não fales russo, ucraniano ou eslovaco, sabem comunicar contigo com o coração" e é por isso que, quando pediram que participasse num serviço de voluntário com crianças, ainda que hesitando a príncipio, rapidamente sentiu que não conseguiria dizer que não.  

Hoje, Kira diz que quer ficar na Eslováquia, porque ama o seu povo, e diz sobretudo: "Faço o meu trabalho com o coração, para ajudar pessoas, crianças, até mesmo ucranianos necessitados, e fico feliz por ver que também eles se sentem felizes quando os ajudo: abraçam-me... Agora sei que a verdadeira bondade existe".

A experiência de Kira é também a de milhares e milhares de outros refugiados que beneficiaram do acolhimento salesiano nos países vizinhos à Ucrânia.

As atividades em seu favor abragem muitos âmbitos. Da Polónia, por exemplo, Witek e Cezary - dois corajosos jovens voluntários da Procuradoria Missionária Salesiana de Varsóvia - fizeram uma viagem ao leste, atravessando a Ucrânia em guerra para entregar alimentos à população carente. A primeira etapa foi em Leópolis, onde deixaram uma primeira parte dos alimentos no centro salesiano que abriga 35 bebês e 30 crianças entre 1 e 5 anos de idade. Após passarem a noite em Niemirów, viajaram até Zaporizhzhia, no leste da Ucrânia onde, apesar do perigo e das operações militares, completaram a sua missão.

Mais uma vez, graças ao apoio financeiro da ONG "Jugend Eine Welt", de Prešov, no leste da Eslováquia, uma carga de mais de 30 paletes de ajuda humanitária foi enviada para Leópolis, para ser distribuída entre vários outros locais.

Apenas para mencionar, eis mais algumas dentre as muitas iniciativas dignas de nota:

- 65 menores refugiados ucranianos foram levados para passar quinze dias num acampamento de verão à beira-mar, de onde acabaram de regressar cheios de boas lembranças e experiências, prontos para frequentar centros de verão nos oratórios salesianos;
- as atividades dos jovens voluntários salesianos continuam, seja nos acampamentos para menores refugiados estatais (nos quais animam mais de 500 crianças e jovens ucranianos), seja nos acampamentos organizados diretamente pelos filhos de Dom Bosco, como o acampamento de duas semanas inaugurado nestes dias em Bratislava: ali participam um total de 260 crianças, incluindo diversos menores refugiados.

Aqui poderá consultar notícias, e informações sobre eventos, relativas à Família Salesiana espalhada por todo o Mundo.




© 2014 Família Salesiana